Professores, estudantes ou Marginais? Presos por distribuir mídia anti-policia tentam incitar população.

Professores, estudantes ou Marginais? Presos por distribuir mídia anti-policia tentam incitar população.

Nessa terça-feira, dia 24, a Polícia Militar em Ji-Paraná (Rondônia), prendeu jovens distribuindo panfletos com textos anônimos, denegrindo a imagem do Comandante Geral da Polícia Militar de Rondônia, coronel PM  Ênedy e do comandante da 1ª Companhia de Policiamento Ostensivo em Ji-Paraná, capitão Braguin. A prisão aconteceu na Avenida Marechal com a Rua dos Mineiros, no 1º Distrito de Ji-Paraná.

O grupo tentava introduzir a ideologia da LCP – Liga de Camponeses Pobres aos pedestres e comerciantes, relatando fatos mentirosos sobre a conduta dos oficiais da Polícia Militar do Estado de Rondônia.

Os presos, dois estudantes e um professor, são acusados de incitar a população contra a Polícia narrando fatos fantasiosos.

Policiais narram que durante a prisão os jovens tentaram incitar a população contra a polícia, mas os transeuntes não apoiaram a iniciativa anti-policia. Uma adolescente que trajava uma camiseta estampada com o desenho de um macaco vestindo uma farda do Exército Brasileiro, dentro de uma jaula, foi um dos que tentou incitar os populares que estavam próximos contra os PM’s.

Um dos populares presentes, que é farmacêutico, declarou: “Nós estamos fartos de ver estes desocupados invadindo terras alheias que foram conseguidas com muito sacrifício. A Polícia está certa mesmo de prender este bando de terrorista. Que fique bem claro que a população de Ji-Paraná não aprova este tipo de coisa”.

Informações de 2º BPM de Rondônia. Revista Sociedade Militar

Comentários no Facebook