“PAU QUEBROU” no RIO. Esquerda agride grupo que se aproximava de comício do LULA na UERJ e…

Agressão contra grupo que se aproximava de comício do LULA na UERJ

O que já se comprovou ao longo dos últimos anos é que a esquerda possui soldados que se comportam como verdadeiros guarda-costas de LULA ou de qualquer um dos líderes de esquerda. Eles agridem, jogam objetos e destroem propriedade alheia sem qualquer pudor e dificilmente são enquadrados pela lei.

A estratégia da esquerda de manter seguranças violentos está surtindo efeito. Hoje grande parte da sociedade honesta tem medo de ir para a rua se manifestar. Para se combater a esquerda é preciso inteligência e organização. É preciso que se forme grandes grupos organizados que contem inclusive com um sistema de proteção.

Nesse caso em especial observa-se que os seguranças de LULA, estrategicamente prostrados ainda a certa distância do local da concentração, não tiveram qualquer medo ou constrangimento em agir com violência. Eles inclusive tiraram objetos de um camelô para atirar contra os membros dos grupos de direita o Pesadelo de Qualquer Político e NAS RUAS.

Revista Sociedade Militar

Comentários no Facebook