Imagens exclusivas mostram caça da FAB atirando contra avião suspeito

O piloto desobedeceu todas as ordens para pousar e sofreu as consequências. É o que a Força Aérea Brasileira chama de “tiro de detenção”.Imagem obtida com exclusividade pelo Fantástico, gravada pela câmera a bordo de um caça da Força Aérea Brasileira (FAB), mostra a única vez que um caça militar brasileiro atirou contra outro avião em defesa do espaço aéreo. O caça da FAB intercepta um avião que vinha do Paraguai e entrou no espaço aéreo do Brasil sem autorização. O piloto desobedeceu todas as ordens para pousar e sofreu as consequências.

É o que a FAB chama de “tiro de detenção”. O objetivo é avariar o avião suspeito para que ele não consiga mais voar e pouse no aeroporto mais próximo. Nesse caso, que aconteceu em 2015, o avião conseguiu escapar e voltou para o espaço aéreo paraguaio, e a FAB teve que interromper a perseguição.

No dia seguinte, no aerodromo de Paranavaí, perto da fronteira com o Paraguai, a polícia encontrou o monomotor, crivado de balas. O avião só tinha o banco do piloto. De acordo com a polícia, para liberar espaço para o transporte de drogas. Veja tudo na reportagem acima.

As informações são do G/1/fantástico

Comentários no Facebook