Homem é enterrado como indigente em Guajará-Mirim

Vítima foi encontrada sem vida, em uma rede.

A vítima de homicídio ocorrido na zona rural do município de Guajará-Mirim na madrugada de domingo (23), foi enterrada como indigente.

Segundo a Polícia Civil, em uma propriedade situada no Km 70 do Ramal Cachoeirinha, a vítima conhecida na região por “Ceará” ou “Cearense” na noite de sábado (22) ingeria bebida alcoólica com João Francisco Alves Vargas, de 57 anos, este comemorava seu aniversário (22-10), quando ambas se desentenderam. Durante a discussão, João teria levado um murro em seu rosto. Não gostando da atitude, durante a madrugada de domingo (23) se apoderou de uma foice e com vários golpes atingiu “Ceará”, que faleceu. Uma denúncia anônima levou os policiais civis e o delegado Iury de Medeiro Brasileiro, constatando a denúncia ao localizarem na propriedade a vítima em uma rede, debaixo de duas árvores. Na diligência foram informados sobre o possível autor do homicídio, ao encontrarem João este confessou os detalhes do crime e confessando a motivação do crime. João foi autuado em flagrante e responderá pelo crime de homicídio.

A reportagem do O Mamoré foi informado que através da Assistência Social, do Hospital Regional Perpétuo Socorro, de Guajará-Mirim, o corpo do homem estava em avançado estado de decomposição, como não foi identificado na manhã desta terça-feira (25) foi sepultado como indigente no Cemitério Santa Cruz.

As informações são do site OMAMORÉ.COM.BR

Comentários no Facebook