Deputado Dr. Neidson busca solução para a Saúde da População de Guajará-Mirim e Região

Na manhã da última terça-feira (14), no Plenário da Assembleia Legislativa de Rondônia, a Comissão de Saúde fez reunião para ouvir representantes da saúde do Estado e do município de Guajará-Mirim sobre algumas denúncias recebidas. A reunião contou com a presença do Diretor da FHEMERON, Sid Orleans, dos Vereadores Davino Serrath (PMN), Raimundo Barroso (PMN) e Kerlinge Brito (PTN), e do Presidente do Conselho Municipal de Saúde do Município de Guajará-Mirim, Marcos Roberto da Silva Marques.

O objetivo da reunião foi buscar alternativas para solucionar os inúmeros problemas enfrentados pela população guajaramirense e região com a falta da coleta de sangue, de transporte para os pacientes, de atendimento médico e de medicamentos, dentre outros. O Deputado Estadual Dr Neidson (PMN) presidiu a reunião e disse que recebeu diversas denúncias sobre a falta de bolsas de sangue para Guajará e região, e sobre dificuldades de atendimentos à comunidade.

O Diretor do Fhemeron, Sid Orleans, disse que não procedem as denúncias formalizadas que chegaram à Comissão. ‘’Segundo dados somados nos meses de Agosto, Setembro e Outubro de 2016, em Guajará-Mirim foram recebidas 265 bolsas de sangue, sendo que só foram utilizadas 50, ou seja, não existe a possiblidade de falta de sangue na região. Possivelmente, o que faltou foi comunicação, que levou a ter essas denúncias que considero infundadas”, afirmou.

Ao fazerem uso da palavra, os Vereadores de Guajará-Mirim Kerlinge Brito (PTN), Raimundo Barroso (PMN), pediram que a comissão voltasse os olhos dando uma atenção maior para a situação precária do Município que necessita com urgência de providências na área da saúde.Em resposta, Sid Orlens disse que o transporte já está recebendo os devidos reparos e que em poucos dias estará pronto e à disposição da comunidade. E aproveitou para reafirmar que as denúncias são incabíveis.

De acordo com o Deputado Estadual Dr Neidson, todas as denúncias entregues à Comissão estão sendo averiguadas. ‘’Espero que esses problemas possam ser solucionados rápido, pois quem sofre é a população com a demora nos atendimentos”.
Fonte: Douglas Mendonça

Comentários no Facebook