Criminalidade aumenta e vereador Raimundo Barroso solicita reforço policial para Guajará-Mirim

O alto índice de criminalidade vem preocupando a população do município de Guajará-Mirim. Pensando nisso, com o objetivo de buscar apoio do Estado para solucionar problemas que vêm ocorrendo na cidade, o vereador, Raimundo Barroso (PMN), esteve nesta terça-feira, 15, na Capital Porto-Velho para solicitar do Deputado Estadual Dr. Neidson que interceda ao Governo com mais policiamento para Guajará-Mirim.

O vereador preocupado com o alto índice de assaltos e crimes que vem ocorrendo no município participou de uma reunião com o Deputado Estadual Dr. Neidson (PMN) onde foi conversado sobre atual realidade do município na área da segurança e entregou em mãos um oficio onde solicita que o mesmo interceda pelo município ao Governo do Estado, tendo em vista que foram chamados mais 300 candidatos aprovados no ultimo concurso para a PM de Rondônia realizado em 2014. O Deputado Dr. Neidson, falou ao vereador que “estará cobrando ao governo que envie mais policiais para ajudar combater os crimes hediondos que vem ocorrendo no município”.

Na segunda sessão ordinária do segundo período da Câmara Municipal  quinta-feira, dia 10, o vereador, Raimundo Barroso, apresentou um requerimento, solicitando ao Governo do Estado, com copia ao Secretario de Segurança Pública pedindo que envie mais efetivos de Policiais para o município, pois a população está assustada com tantos registros de ocorrências policiais tendo em vista que os assaltos não estão somente acontecendo na parte noturna mais sim durante o dia.

Dessa forma, o vereador ouvindo as reivindicações da população pede com urgência que as demais autoridades do Governo do Estado olhem pelo município, pois a segurança pública é algo que precisa ser trabalhado em um conjunto de ações. Precisamos dar melhores condições de trabalho aos nossos policiais, aumentar o número de viaturas e de policiais nas ruas para que a população de Guajará-Mirim se sinta realmente segura, afirma o vereador.

As informações são da assessoria do Vereador

 

 

Comentários no Facebook