Caros amigos da Reserva pró-Ativa

Gostaria de destacar a realização do AMAZONLOG, um Exercício de Logística Multinacional Interagências, inédito na América do Sul, conduzido pelo Comando Logístico do Exército Brasileiro (COLOG). A atividade possui três vertentes: um Exercício de Logística Multinacional Interagências, uma Exposição de Materiais e um Simpósio Internacional de Logística Humanitária.
O Simpósio e a Exposição são eventos preparatórios e acontecerão em Manaus (AM), no período de 26 a 28 de setembro de 2017. O Exercício de Logística será desenvolvido no período de 6 a 13 de novembro do corrente, em Tabatinga(AM). Em toda a região ocorrerão ações conjuntas, multinacionais e interagências por tropas e agências brasileiras, colombianas, norte-americanas e peruanas.
Os objetivos principais das atividades do AMAZONLOG são a integração dos países da região e o desenvolvimento de segmentos da indústria de defesa brasileira e do exterior, com soluções que podem contribuir com o desenvolvimento sustentável da imensa região amazônica, que abrange nove países da América do Sul. Saiba mais em http://amazonlog.net/.
Entre os dias 11 e 14 de setembro, realizamos a 314a Reunião do Alto Comando do Exército (RACE). Durante a atividade, o órgão colegiado decisório do EB debateu diversos temas de interesse da Instituição, como a questão das restrições orçamentárias que já chegaram ao limite do razoável. Além disso, tratamos de aspectos relativos à aquisição/desenvolvimento de novos meios e tecnologias na área de Artilharia de Mísseis e Foguetes. Discutimos, também, a atuação do Exército na Operação Carro-pipa. Tal atividade iniciou há mais de 18 anos em caráter emergencial, perdurando até hoje. Atualmente, controla a distribuição de água para cerca de 3.250.000 pessoas (população equivalente à do Uruguai) no semi-árido nordestino, contribuindo para o desenvolvimento e para a integração nacional. Outro assunto analisado na reunião foi o término da missão no Haiti, estudando um possível novo emprego de tropa em operações de paz, que deve ocorrer em breve, em princípio na República Centro Africana.

Nesse escopo, queria ressaltar a atuação de nossos militares no Haiti, na ajuda humanitária aos atingidos pela passagem do furacão Irma pelo Caribe. Mesmo após encerradas oficialmente as atividades do componente militar na MINUSTAH, nossas tropas, autorizadas pela ONU, dirigiram-se ao norte do país, para que, pré-posicionadas, pudessem estar mais próximas da região onde eram previstos os maiores estragos. Ao arriscarem sua integridade física, posicionando-se exatamente no “olho do furacão”, nossos soldados demonstraram características e valores essenciais ao militar e à nossa profissão, como abnegação, coragem e espírito de cumprimento de missão.
Um forte abraço Verde-Oliva!
Gen Ex Villas Bôas
Comandante do Exército

Comentários no Facebook