Bolsonaro pode ter MAGNO MALTA como vice. Eleitor: “com evangélicos a vitória está garantida”

Bolsonaro pode ter MAGNO MALTA como vice. Eleitor diz: “com evangélicos a vitória está garantida”

Colaborador da Revista Sociedade Militar notou um burburinho no cafezinho e nos esvaziados corredores do CONGRESSO NACIONAL nessa segunda, 31 de junho. A informação vai de gabinete em gabinete, acendendo luzes vermelhas em assessores e parlamentares ligados ao ex-presidente LULA.

Considerado um dos poucos parlamentares com perfil adaptável ao estilo exigido pelos eleitores de JAIR BOLSONARO, o senador MAGNO MALTA já é cotado como possível pré-candidato a vice-presidente do país. Malta atuou intensamente, como BOLSONARO em frentes para barrar leis que pretendiam conceder privilégios especiais para homossexuais no país, como o PLC 122.

Ha alguns meses JAIR BOLSONARO chegou a dizer para MALTA: “se a gente quiser mudar o BRASIL tem que ter gente com o nosso perfil sentado naquela cadeira presidencial”.

De fato,MAGNO MALTA, eleito com mais de 1 milhão de votos em seu estado, tem potencial para aumentar significativamente o tempo de exibição na TV de Jair Bolsonaro, requisito extremamente importante que será levado em conta também pelo comitê do pré-candidato à presidente.

“Ele definirá o resultado de 2018”

Um de nossos principais editores. Robson Augusto, Militar e Cientista Social, diz que mesmo que apareça algum nome com potencial para lhe derrotar e/ou BOLSONARO cometa algum grande equívoco e não vá para o segundo turno, a sua influência será capaz de definir quem será o vencedor em 2018. “Embora a grande imprensa não admita isso, exatamente como ocorreu com TRUMP nos EUA. Com Malta ou sem Malta JAIR BOLSONARO é nome da vez e mesmo que não vá para o segundo turno, o que é muito difícil, a sua influência será determinante para o resultado do pleito de 2018. São novos tempos e a sociedade antes extremamente passiva parece ter entendido que é preciso participar do momento político.”

Eleitores de BOLSONARO consideram MALTA como um bom aliado por ter se ombreado ao lado do político em momentos importantes. Alguns dizem que o senador, amigo de Silas Malafaia e admirado por muitos cristãos, principalmente os evangélicos, que somam cerca de 25% da população brasileira, trás consigo a possibilidade de agregar as igrejas evangélicas em torno da candidatura de JAIR BOLSONARO.

Um eleitor ouvido pela Revista Sociedade Militar arrisca afirmar: “com os evangélicos a vitporia está garantida. Eu sou católico. Mas somos todos cristãos e devemos nos unir pela pátria e família

VEJA: MILITARES pretendem MONTAR BASE PARA BOLSONARO no CONGRESSO NACIONAL

Revista Sociedade Militar

Comentários no Facebook